Como incrementar as vendas, pagar  as contas e  driblar os fatores desfavoráveis de uma loja de rua?

Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Apesar do movimento crescente de consumidores que dão preferência a realizar compras em comércio de rua, em lojas próximas a suas residências ou aos seus trabalhos, é inegável que a demanda por produtos e serviços está bastante retraída, fruto do desemprego, queda de renda e pelo custo elevado do crédito.

Além disso, o lojista precisa ainda driblar fatores tradicionalmente desfavoráveis (que diminuem fluxo de clientes e consequentemente provocam queda nas vendas) como a insegurança nas ruas, a necessidade de mais vagas de estacionamento, ou ainda estacionamento próximo a loja muito caro, chuva, sol, muito calor, frio. Mesmo estando em pontos movimentados, não são poucos os lojistas que estão faturando bem abaixo de anos anteriores.

O resultado deste cenário é que, dia após dia, inúmeras lojas de rua vêm fechando suas portas, pois não estão conseguindo virar o jogo, pagar suas contas e retomar o crescimento nas vendas.

Como então combater os efeitos da crise em sua loja, melhorar o fluxo e aumentar as vendas? Como reverter os impactos da queda nas vendas antes de efetivamente tomar a decisão de encerrar as atividades?

Nesta hora você precisa de apoio externo, especializado e experiente, para apoiar seu negócio com uma metodologia de resultados rápidos e de alta performance. Você precisa conhecer nosso programa de Coaching de Varejo.

Nosso suporte vai além da sua loja. Com a nossa metodologia apoiamos também o dono do negócio, dando subsídios para que supere os desafios, se mantenha centrado, com a mente focada e utilize todo o seu potencial para alcançar suas metas e objetivos.

Fale conosco e saiba mais sobre como podemos ajudá-lo. contato@coachingdevarejo.com.br.

Soluções: